quarta-feira, 2 de abril de 2008

CHEGA DE BALELA

Dados do Ministério da Educação reforçam a derrubada da teoria de Sarney que a culpa é de Deus e desmascaram Roseana e seus “lindos sonhos” de prefeita ou Governadora.

O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais(INEP) confirma o pouco ou nada feito na era Sarney. Primeiro, em relação a escolas de Ensino Médio, mesmo após os 8 anos de governo apenas 108 existiam no maranhão em 2001. Em 2005, este número já sobe para 516. Quer dizer, 400 a mais, por que hein??

Número de funções docente no ensino médio e ensino médio profissionalizante na zona urbana e zona rural em 2001 era 6.814. E em 2006, dobrou em apenas 5 anos, para 12.543

E as classes de alfabetização. Haviam em 2001, na zona urbana e rural, 5.322 e em 2006, pasmem, 43.484

E por fim o dado mais estarrecedor da administração Sarney. Qual seria naquela época o número de alunos portadores de necessidades educativas especiais em escolas exclusivamente especializadas ou em classes especiais de escolas regulares.

Acreditem: nenhum aluno especial. Em 2006, já eram 2.308

É falar é fácil, fazer artigo é fácil, dar entrevista no próprio veículo de comunicação é fácil, difícil é fazer!

4 comentários:

Anônimo disse...

o deputado gastão vieira, secretário de educação no governo roseana e homem que se acha a reencarnação de paulo freire e darci ribeiros juntos certamente terá um acesso de chiliques por conta desses números.

eduardo, professor disse...

DE TUDO DE RUIM QUE ROSEANA FEZ AO MARANHÃO QUANDO GOVERNADORA, NADA FOI PIOR QUE O TELE-ENGANO. ROSEANA TRATOU A EDUCAÇÃO COMO LIXO.

Anônimo disse...

COMO ALGUÉM QUE NUNCA GOSTOU DE ESTUDAR PODE SE PREOCUPAR EM CONSTRUIR ESCOLAS PARA EDUCAR OUTRAS PESSOAS?????

Anônimo disse...

ROSEANA, POUPE-NOS DOS SEUS ENGODOS, NÃO CONSEGUE MAIS NOS ENGANAR. FORA ROSEANA!!! XÔ SARNEY!!!