quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

MEDO DE INDICIAMENTO TIRA O SONO DE FERNANDO SARNEY

Considerado o braço financeiro e comercial da família o empresário Fernando Sarney, diretor geral do sistema mirante ainda não está dormindo tranquilo como tentam demonstrar seus interlocutores.

É que o filho de Sarney pode a qualquer momento ser indiciado por lavagem de dinheiro, crime tributário e contra a ordem financeira no inquerito berto para apurar a movimentação de 3,5 milhões de reais nas contas da tv mirante e do próprio Fernando, nos dias que antecederam o segundo turno da eleição para governador em que sua irmã, a senadora Roseana Murad disputava com o atual governador Jackson Lago.

O filho de Sarney vem sendo investigado pela polícia federal e pelo ministério público federal desde meados de 2006, sob suspeita de realizar transações financeiras suspeitas que apontam para uma empresa de factoring criada provalvelmente para cuidar exclusivamente apenas dos negócios das empresas do grupo Sarney.

Pelo visto, o pesadelo do todo poderoso do Marafolia está apenas começando.

2 comentários:

SEU JOCA disse...

GRAMPO EM CIMA DE FERNANDO SARNEY COMPROMETE SILAS RONDEAU

SEGUNDO O JORNALISTA CLAUDIO HUMBERTO, UMA CONVERSA TELEFÔNICA COMPROMETEDORA ENTRE O EX-MINISTRO E FERNANDO SARNEY INCRIMINA GRAVEMENTE OS DOIS E FOI O MOTIVO DECISIVO PELO QUAL LULA DESISTIU DA VOLTA DE "RODOU" AO MINISTÉRIO.

Grampo compromete Rondeau
Uma conversa telefônica comprometedora entre o então ministro de Minas e Energia Silas Rondeau, que deixou o cargo após as notícias de seu suposto envolvimento na Operação Navalha, e o empresário Fernando Sarney, filho do senador José Sarney, "está pegando" contra os dois, na polícia. Essa conversa, cujo teor é protegido por segredo de Justiça, foi decisiva para o presidente Lula descartar a opção de Rondeau reassumir o ministério.
17/01/2008 | 0:00


Afilhado
Silas Rondeau foi indicado ministro pelo senador José Sarney, que antes apadrinhara sua nomeação para a presidência da estatal Eletrobrás.

www.claudiohumberto.com.br

O Observador disse...

Lembra de mim, ô, invejoso, ô da Pública?

Eu não te esqueço! Fique certo. Mas não se preocupe. Vc só tem a temer se for uma fêmea. Descarto! Vc é um macho, daqueles bem covardes.

Deve gostar de apanhar (tambén?) ou não me censuraria, ô invejoso(a) da Pública.?

Ratinho de laboratório, tal qual o seu chefe Aderson. Minto! Aderson não é ratinho, é RATAZANA.

Vc não passa de um filhote (ops, esqueça Vidigal, depois digo quem são as lêndeas)aprendiz de falso feiticeiro e um mau caráter convicto.

TE VEJO OU TE ESPERO NO INFERNO, ALMA PENADA...


ps ESQUECI QUE COVARDES NÃO DECIDEM SUA PRÓPRIA VIDA, Ô, DA PÚBLICA INBEJOSO E COVARDE..