quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Enquanto a quarta feira de cinzas não vem, dizem por aí…


E o caenaval da alegria?

Dizem que ninguém importante veio ao glamouroso baile de gala de PH (exceto os puxas de sempre), que o Alessandro Martins acompanhado de e um linda loura roubou a cena, e que o honorável colunista ficou uma arara com o Alessandro, porque tirou Roseana Sarney para escanteio. O PH teve mesmo que se contentar com a companhia da cantora Alcione, que apareceu nas fotos, apenas como “papagaio de pirata”.

Mas, por falar em Alessandro Martins, que ainda está enrascado com a justiça, dizem que esse foi o ultimo carnaval da dupla Rose/Fernandinho, que após a prisão do governador de Brasília, a qualquer hora poderá cair a casa dos honoráveis moradores do Calhau…

E por falar em Brasília, as ultimas são de que os ministros das supremas cortes, já estão vacinados contra as conversas de velhos senadores chorões…

Após a marmelada política, que exigiu a cassação de um governador eleito no voto, e a imediata diplomação de uma vice, dizem que dessa vez, não terá mais papai me livra dessa, pois a chapa esquentou mesmo em Brasília, assim que o Marco Aurélio de Mello “enjaulou” o Arruda.

E depois que o Sarney foi descoberto, como aquele que mais contratou fantasmas para “trabalhar” em Brasília (confira aqui), ele ficou sem cara para choramingar nos gabinetes dos ministros com a sua infalível cara dura, ninguém vai mais acreditar, que ele é vitima de “tucanos”, e que a sua filhota foi “vitima de abusos econômicos…”

Depois dessas, melhor para o senador chorão seria comprar um pijama e se aposentar, mas eu ainda acho, que ele poderia aproveitar e também comprar um de listrinhas para o poderoso filhão que toma conta dos “negócios” da Mirante/Eletronorte.

2 comentários:

Luiza disse...

Que texto! Nelson Rubens faz escola.

Mano disse...

Ricardo, espero mesmo que a PF enquadre esse bandido que fica circulando livremente por aí, dando uma banana para a população. Espero que a polícia cumpra com o seu dever. Elementos têm muitos para a prisão de Fernando Sarney, só falta a vontade política para que este ato se concretize. Se isso acontecesse, seria um marco na história recente do Maranhão.