terça-feira, 2 de junho de 2009

É VERDADE, O MARANHÃO TEM UM VICE-PRESIDENTE DA CBF!!!

Escolhidas as doze capitais que sediarão os jogos da Copa do Mundo de 2014 que será realizada no Brasil dentre as cidades agraciadas quatro ficam no nordeste.

Infelizmente nossa São Luis, apesar do belo estádio que possui não faz parte dessa relação, parece que não houve vontade política para tanto, afinal um dos vice-presidentes da CBF, mentora máxima do futebol brasileiro é maranhense e se chama Fernando Sarney, filho do presidente do senado José Sarney e irmão da governadora biônica Roseana Sarney.Ou será que depois que foi pego pela Polícia Federal com a "mão no jarro" Fernando ficou sem moral junto ao presidente Ricardo Teixeira para reívindicar que a capital maranhenses fosse uma das sedes brasileiras?E não é apenas isso.

Nossos mais tradicionais times de futebol como Sampaio, Moto e MAC, só conseguem no máximo disputar terceira e quarta divisão do futebol nacional, estão totalmente falidos, nosso campeonato estadual é dficitário e sem nenhum atrativo, nossa federação tem um presidente perpétuo que nem ao menos frequenta os estádios em dias de jogos.

Tudo isso acontece sob o olhar desinteressado do vice-presidente da CBF para a região norte-nordeste Fernando Sarney, que usa o cargo para viajar às custas da mentora maior do futebol brasileiro para assistir ao vivo as mais importantes competições esportivas e fazer turismo.

3 comentários:

Anônimo disse...

dar para fernando sarney o cargo de vice, foi só um mimmo feito a sarney pelo também mafioso ricardo teixeira.

VINICIUS, TREINADOR DE SELOTEX disse...

O RICARDO TEIXEIRA É HERDEIRO DE UMA OLIGARQUIA QUE COMEÇOU COM O EX-SOGRO JOÃO HAVELANGE, SÃO UMA ESPÉCIE DE FAMÍLIA SARNEY DO FUTEBOL BRASILEIRO.
É POR ISSO QUE O FERNANDO SARNEY ESTÁ COM ELES, PARA REPRESENTAR A MAIS ANTIGA OLIGARQUIA BRASILEIRA E REFORÇAR O TIME DE MAFIOSOS QUE LÁ EXISTE.

Rosário Notícias disse...

Existe futebol no Maranhão?

P/ mim existe as ruinas do Castelão e um rastro do que foi um dia os nossos times.

Uma pena, mas é a triste realidade.

O futebol maranhense está na UTI, amigo Ricardo.

Abraços.


Renato Waquim