sexta-feira, 12 de setembro de 2008

DIGA-ME COM QUEM ANDAS E TE DIREI QUEM ÉS!!!!

O desespero da senadora Roseana Sarney, diante de uma possível vitória de João Castelo ainda no primeiro turno, parece ter tomado proporções estratosféricas, um dia após aparecer no horário eleitoral pedindo votos ao aliado Gastão Vieira que não consegue deslanchar a candidatura a prefeito de São Luis.

A filha de Sarney mandou seus interlocutores anunciar aos quatro ventos que teve um encontro reservado com o comunista Flávio Dino, também concorrente à prefeitura da capital e que resolveu apoiá-lo na esperança de levar a eleição, hoje liderada com folga pelo tucano João Castelo, para o segundo turno.

O pior é que Dino, embora não tenha confirmado o encontro, parece ter se deixado iludir pelo canto da sereia, o que vai acabar lhe trazendo sérios prejuízos futuramente, pois qualquer um que hoje aceitar o apoio declarado do grupo Sarney, levará junto também uma enorme rejeição e a antipatia popular, ´combinação que costuma trazer sérios problemas nas urnas, isso ficou muito claro num passado bem recente.

Flávio goza de enorme prestígio tanto na magistratura quanto como deputado federal, mas, ainda carece de rodagem no complicado mundo da política e precisa saber que as vezes é preciso recuar um passo para dar dois à frente.

O candidato do PC do B, deveria avaliar com muito cuidado se vale a pena tentar uma empreitada tão difícil quanto esta e para tanto fazer uso de tão perigosa relação, afinal, depois da retumbante derrota em 2006, o grupo Sarney se transformou numa espécie de "cerca velha" tanto cai como derruba quem se encosta, que o digam Conceição Andrade, Zé Vieira, Manoel Ribeiro, César Bandeira, Costa Ferreira, Paulo Marinho,João Alberto e muitos outros.


Para alguns analistas não há nenhuma surpresa nesse apoio declarado de Roseana à candidatura de Flávio Dino, afinal, o PC do B, partido ao qual Dino pertence, foi aliado de primeira hora da senadora quando esta governou o Maranhão, nomeando inclusive secretário e fazendo parte dos quase oito anos da desastrosa administração da filha do senador amapaense José Sarney à frente do governo estadual.

3 comentários:

Anônimo disse...

Dissimulada igual ao pai!
Quero saber se foi jackson, quem vendeu a Cemar, destroçou a Caema,o BEM, a SUDAN... sai fora Rosengana

FABIO SOUZA disse...

ESSE FLAVIO DINO ,ESTÁ SE QUEIMANDO MUITO CEDO,ELE TERÁ GRANDES DIFICULDADES DE SE REELEGER DEPUTADO FEDERAL EM 2010 AGINDO DESSA FORMA,POIS ISSO É VENDER A PRÓPIA ALMA AO DIABO E NÃO PRESTAR CONTAS COM DEUS.
ESSA HISTORIA DE 2ª TURNO NÃO IRÁ ACONTECER AQUI EM SÃO LUIS,A ULTIMA ELEIÇÃO MUNICIPAL COM 2 TURNOS FOI EM 1996 ENTRE JACKSON E CASTELO,DE LÁ PRA CÁ A ILHA REBELDE QUANDO DECIDE QUEM É SEU CANDIDATO NÃO VOLTA MAIS ATRÁS E COSTUMA LIQUIDAR A FATURA LOGO NO PRIMEIRO TURNO,E OLHA QUE JOÃO CASTELO ESTÁ MUITO ACIMA DOS PERCENTUAIS QUE DERAM A VITÓRIA NAS ELEIÇÕES PASSADAS A JACKSON E TADEU QUE TINHAM ENTRE 46% E 48%,O CASTELO JÁ PASSOU MUITO DOS 50%...AGORA VAI !!!!

Anônimo disse...

Rosengana, sai daí perdedora sao luis nao te quer!