terça-feira, 22 de janeiro de 2008

CONVERSAS SIGILOSAS DE FERNANDO SARNEY

O jornalísta Ricardo Noblat nos informa que "ordens superiores" mandaram guardar em segredo 04 conversas telefônicas, entre Fernando Sarney e Silas Rondeu. Sarney pediu e Lula atendeu. Aliás, por que será que nenhum dos Sarney compareceu a posse de Lobão ontém?????

Gravações em segredo:

Por ordem superior, e põe superior nisso, a Polícia Federal mantém em segredo o teor de quatro conversas do ex-ministro das Minas e Energia Silas Rondeau com o empresário Fernando Sarney, ocorridas em 2006.

Na época, o sigilo telefônico, fiscal e bancário de Fernando havia sido quebrado pela Justiça Federal de São Luís. Ele é suspeito de ter feito "movimentações financeiras atípicas" durante a campanha de sua irmã Roseana, candidata derrotada ao governo do Maranhão.

O senador José Sarney tratou do assunto com Lula. Sarney está convencido de que o PT “aparelhou” a Polícia Federal. Veja aqui:

5 comentários:

SEU JOCA disse...

SARNEY QUER COURO.

A PRIMEIRA VISTA PODE ATÉ PARECER DEBOCHE DO SEU JOCA PARA CIMA DE DON BIGODON, MAS NÃO É. ELE QUE JÁ TÁ EMBAIXO DE VARA, NÃO SE DÁ POR SATISFEITO E AGORA QUER COURO, SIM MEUS AMIGOS ELE QUER COURO MESMO E UM TAL DE EVANDRO COURO NA PRESIDÊNCIA DA ELETROBRÁS. SARNEY DESCARTOU QUENTAL, COM MEDO DO FOGO EM CIMA DELE E ADERIU AO DESCONHECIDO COURO QUE NÃO QUEIMA MAS PODE ARDER UM BOCADO. ALIÁS, SE ALGUÉM SOUBER DE QUEM SE TRATA O COURO NOS INFORME, PORQUE NEM O PMDB, DONO DO CARGO SABE QUEM É O DITO CUJO. UMA COISA É CERTA, SE É PUPILO DE DON BIGODON É PORQUE BOA COISA NÃO DEVE SER.


GOVERNO
Couro na Eletrobrás | 19:57

José Sarney bateu o martelo e indicou para Edison Lobão o nome do novo presidente da Eletrobrás. O escolhido é Evandro Couro, atual presidente do Rede, um grupo privado que fornece energia elétrica para 2,9 milhões de domícílios em vários estados, como São Paulo, Mato Grosso e Minas Gerais. Couro é uma espécie de azarão. Não constava de nenhuma lista de mais cotados até agora. Até os próprios dirigentes do PMDB, que tiveram acesso ao nome de Couro, admitem que nunca ouviram falar dele. E nem conseguem dizer nada sobre o seu currículo. Lobão deve anunciar o nome amanhã.

http://vejaonline.abril.uol.com.br/notitia/servlet/newstorm.ns.presentation.NavigationServlet?publicationCode=1&pageCode=1286

SEU JOCA disse...

Deu em O Globo, no blog do Noblat, na Folha de S.Paulo e Estadão

BNB processa empresa que foi de Lobão Filho

De Chico de Gois:

A Bemar Distribuidora de Bebidas, da qual o suplente de senador Edison Lobão Filho (DEM-MA) foi sócio oficialmente até outubro de 1998, está sendo acionada na Justiça pelo Banco do Nordeste (BNB) pelo não pagamento de uma dívida cujo valor registrado na ação 1426/2003, que tramita no Tribunal de Justiça do Maranhão, é de R$ 5,5 milhões. Apesar de haver transferido suas ações da empresa em 1998, até pelo menos 2006 seu nome constava como um dos executados da dívida, junto à mulher, Paula. Em outubro daquele ano, seus nomes foram excluídos por meio de uma liminar, que o banco teria conseguido cassar, mas que o site do tribunal ainda não registrou.

Quando desligou-se oficialmente da empresa, Lobão Filho repassou sua parte à doméstica Maria Lúcia Martins, que trabalhava na casa de Marco Antonio Pires Costa, a quem aponta como seu "verdadeiro sócio", embora nunca tenha figurado na sociedade de forma legal. No processo que tramita na 5 Vara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão, hoje constam como devedores solidários a ex-mulher de Marco Antonio, Maria Luiza Thiago de Almeida, e a ex-sogra do irmão de Marco Antonio, Ana Maria dos Santos — esta teve sua assinatura falsificada na alteração contratual da Bemar que a incluiu como sócia. Leia mais em O Globo

O empresário Marco Antonio Costa, 56, afirmou ontem que o suplente de senador Edison Lobão Filho (DEM-MA) não sabia do uso de laranja e de assinaturas falsas na transferência de ações da Bemar Distribuidora de Bebidas em 1998.

Costa fez a afirmação à Folha, por meio de seu advogado, e em uma entrevista, exibida no "Jornal Nacional" da TV Globo ontem à noite. Lobão Filho diz que Costa "foi seu verdadeiro sócio" na Bemar de 96 a 98, período em que o democrata ficou na empresa. Assinante do jornal leia mais na Folha de S.Paulo

Pressionado por parlamentares do PMDB, o suplente no Senado do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, seu filho Edison Lobão Filho (DEM-MA), conhecido por Edinho, deve renunciar ao mandato e não apenas se licenciar do cargo. Apoiada pela cúpula do partido, a medida derruba a estratégia inicial, apoiada pelo senador José Sarney (PMDB-AP), pela qual o filho do novo ministro apenas transferiria a vaga provisoriamente ao segundo suplente, o peemedebista Remi Ribeiro, enquanto aguarda que se silenciem ou sejam esclarecidas as denúncias de que é alvo.

A preocupação dos peemedebistas se explica: eles temem que a ligação de Edinho com o Senado, mesmo ele sendo de outro partido, e as repercussões daí decorrentes dificultem a permanência de seu pai, que é do PMDB, no ministério. Na avaliação de um senador que acompanha os movimentos da cúpula do partido, Lobão estaria numa situação “danada”. Para parlamentares da bancada do PMDB no Senado, Lobão pode ser arrastado pelas investigações contra seu filho ou ganhar credibilidade com a renúncia de Edinho.


http://oglobo.globo.com/pais/noblat/post.asp?t=bnb_processa_empresa_que_foi_de_lobao_filho&cod_Post=87751&a=111

SEU JOCA disse...

SARNEY, LOBÃO E LOBINHO, COUROS, LARANJAS, ABACAXIS E UMA CHEGADA DE FININHO, TUDO ISSO NA COLUNA RADARONLINE DE VEJA.

EDINHO CHEGA HOJE E VAI DESEMBARCAR AQUI EM SÃO LUÍS SEM PASSAR POR RIO, SÃO PAULO OU BRASÍLIA PARA NÃO TER QUE ENCARAR A MIDIA NACIONAL E SARNEY SE ENCONTRA HOJE COM LOBÃO PARA METER-LHE COURO(A) GOELA ABAIXO E DON BIGODON JÁ ANDA TÃO CABREIRO COM GRAMPO QUE ENCOMENDOU ELE PRÓPRIO A ABIN(SEGUNDO PEDIDO A LULA) UM DOSSIÊ COMPLETO DO COURO(A). PENSANDO BEM, SE ELE TEM DOSSIÊ ATÉ DO COURO(A) O QUE TERÁ DO SEUS ADVERSÁRIOS HEIM?

GOVERNO
Escolhas de Sarney | 06:30

Hoje, à tarde, depois da reunião ministerial, Edison Lobão reúne-se com José Sarney, seu padrinho político. Vão falar de presidência e diretorias da Eletrobrás e outros cargos no setor elétrico.


Pente fino no Coura | 06:29

A propósito de Eletrobrás, Lobão envia hoje aos cuidados da Abin o nome de Evandro Coura, escolhido por Sarney para presidir a estatal. (veja mais detalhes na nota postada ontem às 19h57). Será feita uma varredura na ficha do desconhecido Coura.


SENADO
Edinho, laranjas e abacaxis | 06:11

Edison Lobão Filho chega hoje no Brasil, depois de uma temporada esquiando nos EUA. Mas não desembarca em Brasília e sim em São Luiz para tentar descascar com o ex-sócio algumas laranjas...quer dizer, alguns abacaxis.

http://vejaonline.abril.uol.com.br/notitia/servlet/newstorm.ns.presentation.NavigationServlet?publicationCode=1&pageCode=1286

SEU JOCA disse...

E O BLOGUEIRO DE VEJA, REINALDO AZEVEDO DÁ AQUELA ESCULACHADA NO LOBINHO.

Sócio diz que Lobinho não sabia de Laranja. É mesmo?

Por Hudson Corrêa e Leonardo Souza, na Folha. volto depois.

O empresário Marco Antonio Costa, 56, afirmou ontem que o suplente de senador Edison Lobão Filho (DEM-MA) não sabia do uso de laranja e de assinaturas falsas na transferência de ações da Bemar Distribuidora de Bebidas em 1998.
Costa fez a afirmação à Folha, por meio de seu advogado, e em uma entrevista, exibida no "Jornal Nacional" da TV Globo ontem à noite. Lobão Filho diz que Costa "foi seu verdadeiro sócio" na Bemar de 96 a 98, período em que o democrata ficou na empresa.
Quando deixou a empresa, parte das ações de Lobão Filho foi transferida para uma empregada doméstica, que teve a assinatura falsificada no negócio, segundo laudo da Polícia Federal. "Quem não sabia que era a doméstica, digamos assim, mas uma pessoa de muita confiança, era o Edinho [Lobão Filho]. O Edinho não sabia, mas eu sabia", afirmou Costa ao "Jornal Nacional".
Por meio de seu advogado, Costa responsabilizou sua ex-mulher, Maria Luiza Thiago de Almeida, por indicar uma laranja para transferir as ações e por falsificar assinaturas. Costa e Maria Luiza estão separados desde o fim de 2002 e brigam na Justiça para definir valor de pensão alimentícia.
Maria Luiza rebateu a acusação e afirmou ontem à Folha que Lobão Filho sabia da transferência das cotas para a empregada doméstica, usada como laranja. Maria Lúcia Martins, a laranja, trabalha na casa de Maria Luiza.

Voltei
Políticos brasileiros são ingênuos, não e? Acontece cada coisa com eles!!! Lidam com empresas fantasmas que emitem notas frias e não sabem. Vendem empresas a laranjas e ignoram tudo. São uns pobres coitados, sempre enganados por gente mais esperta do que eles. Quem não se lembra das explicações de Renan Calheiros? E olhem que Lobinho ainda nem assumiu a cadeira no Senado.

http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/2008/01/scio-diz-que-lobinho-no-sabia-de.html

Claudio Henrique disse...

Ricardo voce deveria solicitar dos seus leitores que criassem um dialogo entre os Fernando Sarney e o Silas. Seria algo assim: o que voce acha que o Fernando Sarney falou como o Silas Rondeau, escreva e colabore com a opiniao publica