sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

JÁ QUEREM TIRAR PROVEITO!!!

O grupo Sarney já busca tirar proveito da Operação Rapina. Entre as matérias divulgadas pelo Jornal da família sobre a Operação traz uma logo abaixo da Coluna do Sarney.

A matéria associa a investigação a convênios estabelecidos pelo ex-governador José Reinaldo.

Afirma que o presidente da Famem, Cleomar Tema (um dos presos) foi “um dos principais articuladores da cooptação de prefeitos ao esquema de distribuição de convênios do Governo José Reinaldo”

Ao nosso atento leitor reproduzo trecho da própria nota da Polícia Federal:
“A Polícia Federal desencadeou na manhã de hoje .....a Operação RAPINA,..., a fim de desbaratar um organizado esquema de corrupção de desvio e apropriação de verbas federais”. Atenção, VERBAS FEDERAIS.

Mais uma, agora do próprio “Estado do Maranhão”.
“COMO FUNCIONA O ESQUEMA”
“O esquema era articulado por prefeitos, secretários, tesoureiros, contadores e funcionários do Tribunal de Contas e viabilizava o saque de recursos públicos repassados pela União sem que estes fossem efetivamente aplicados”.

Onde está o envolvimento de ex-governador nisso?

Em nenhum momento há declaração da Polícia Federal ou da Controladoria Geral da União, envolvendo ex-governadores.

Uma matéria irresponsável que como sempre vem servir a interesses do grupo. Querem tirar proveito de tudo e de todos. Verdadeiras aves de rapina também.

È bom que a Polícia Federal também fique de olho nestes!
E só para encerrar o assunto o que eles deixam de citar é que segundo a própria Polícia Federal, a estimativa é de que a organização agia no Maranhão há 26 anos.

Então 2007, menos 26 = 1981. Quem governava era João Castelo.
E diz mais que nós últimos 10 anos, teriam sido desviados 1 bilhão em verbas federais.

Há 10 anos quem estava no poder. Hum, vejamos, 2007 menos 10, 1997. Roseana Sarney.

3 comentários:

SEU JOCA disse...

MIRANTE ATIRA NO RPOPRIO PÉ.

Ao tentar manipular as informações sobre a OPERAÇÃO RAPINA e tentar ligá-la a Navalha, para tentar atingir Jose Reinaldo e Jackson e tentar botar contra eles a opinião pública, a Mirante deu um grande tiro no próprio pé, primeiro porque baixou o nivel e apelou feio ao tentar trazer a Navalha a tona através do avião utilizado pela PF(ela só tem 1 desse modelo), depois num golpe baixo, inescrupuloso e deplorável tentou ligar APREENSÃO DE VERBAIS FEDERAIS ao atual e ao ex governador, mas se esqueceu que quem consegue liberar VERBAS FEDERAIS para os municípios são os SENHORES E SENHORAS PARLAMENTARES, donde se conclui que o tiro foi dado no próprio pé, já que os donos de lá são quase todos PARLAMENTARES. Roseana é Senadora assim como o pai Zé Sarney e os fiés escudeiros Lobão e Cafifa e o irmão Zequinha é Deputado Federal. Outra bomba contra eles foi a revelação por parte do Diretor da PF de que a "quadrilha" age a quase 30 anos(26 exatamente), donde se concluiu que o manda chuva do Maranhão era portanto JOSE SARNEY, a quem até o Bispo tomava bença. POIS É, A MIRANTE ATIROU NO QUE VIU E ACERTOU ONDE NÃO VIU.
ELES ACHAM QUE TODOS NÓS SOMOS BURROS XUCROS E MANIPULÁVEIS. OH COITADOS.......

Sâmia Toledo disse...

Ricardo. E não é que há realmente uma ligação entre José Reinaldo e os presos na Operação Rapina? Mas não tem nada a ver com o que o Sistema Mirante está divulgando. A verdade é que quando José Reinaldo era governador indicou, a pedido de Roseana Sarney, Marize Mendes para ocupar o cargo de Gerente Regional de Pinheiro. Lá ela e o seu irmão Filuca Mendes montoram um imenso esquema com empresas fantasmas (criadas apenas para emissão de notas frias) e empresas pertencentes a laranjas, tudo para fraudar as licitações do estado e do município. Para colocar em prática o esquema, envolveram o filho de Marize, o jovem engenheiro Paulo Mendes Pinheiro. Tanto desvio de dinheiro público financiou a eleição e a reeleição de Filuca Mendes como prefeito, a eleição do filho deste, Victor Mendes, como deputado e apoio na campanha derrotada de Roseana Sarney para o governo do Estado. Enquanto isso Paulo enriquecia. Os seus bens são colocados em nomes de terceiros (mãe, irmã e outros parentes) para não despertar a atenção da Receita Federal. Agora que Paulo está preso em Pedrinhas Filuca ainda tenta tirar proveito político da situação, anunciando em seu sistema de comunicação que a prisão do sobrinho não passa de perseguição política de Jackson Lago, respirando aliviado porque a Polícia Federal está investigando Paulo graças às licitações das quais ele participou em Tuntum. Não duvidem se depois que Paulo Mendes for solto Filuca e Marize ainda organizarem uma grande recepção pública para a sua chegada em Pinheiro, com banda de música, foguetes e o anúncio oficial da sua candidatura para prefeito do Município. E para completar: o grande contador de todo esse esquema de corrupção, Waldely Leite Moraes, é primo de Filuca. Esse é o conceito de união familiar que tanto Filuca defende nas suas campanhas políticas: família que rouba unida permanece unida.

José disse...

É essa a verdadeira face dos meios de comunicação da ex-oligarquia Sarney: Distorção dos fatos, veiculação de notícias inverídicas. É um bazar de pirataria jornalística. Não existe o menor indício de que os prefeitos e funcionários corruptos e ladrões foram presos por terem se locupletado com verbas de convênios firmados com o ex-governador José Reinaldo. Ficção dos tropeiros miranteanos. Mas o que nos chama atenção é que esse esquema de roubalheira do dinheiro público foi montado no período que o velho Sarna indicava os governadores do estado, inclusive a própria filha. Por que será que somente agora resolveram prender os ladões? Quando Roseana desgovernou este estado a roubalheira andava a mil, todos sabemos. Naquela época não existia Justiça e nem PF? Por que somente agora?