segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Desespero na venda de abadás!!

O anúncio publicado no jornal “O Estado do Maranhão” em sua edição de sexta-feira, data de início do Marafolia, aparenta o desespero para vender abadás nesta 12º edição da micareta.

8 comentários:

Meire disse...

Poxa, o cara tá desesperado mesmo compra compra que eu te deixo lá...

mauro ribas disse...

E SÓ A MENTIRANTE ACHA QUE O MORRAFOLIA FOI ESSE SUCESSO ESTRONDOSO QUE RENDEU ATÉ EDITORIAL NO JORNALÃO DOS SARNEY. COMO DIRIA O EDITOR-CHEFE ENTÃO TÁ!

walter ricardo disse...

SÓ ROSENGANA E SEUS BABÕES INSISTEM EM QUERER ENGANAR O POVO QUE O MARAFOLIA RESWISTIRÁ A MAIS UM ANO.
ÔOOOOOOOOOOOOOOOOOO DERROTTTTA!!!

walter caio disse...

A COISA TAVA TÃO DIFÍCIL, MAS TÃO DIFÍCIL, MAS TÃO DIFÍCIL MPRA EMPURRAR OS ABADÁS QUE A DULCE BRITO DEU O KIT DE GRAÇA ATÉ PRA EMPREGADA DE SUA CASA. IMAGINEM A DULCE DANDO DE GRAÇA QUALQUER COISA QUE TEMHA A MARCA MORRAFOLIA!!!!!!!! SÓ MUITO DESESPERO.
É DESESPERO, É DESESPERO, É DESESPEROOOOOOOOOO

paulinho chicleteiro disse...

o desespero é tão grande que é capaz de no próximo ano o abadá vir acompanhado das camisinhas e do vale-transporte pra voltar pra casa, ou então estadia gratuita no hospital são domingos para se recuperar das sequelas causadas pelas inúmeras brigas, facadas e garrafadas que rolam na pipoca e dentro da corda todos os anos.
SÓ SEI QUE O DESESPERO DA DULCE E DO FEFÉ TÁ É GRANDE VIU, TÃO PENSANDO COMO VÃO PAGAR AS CONTAS COM TANTO ABADÁ ENCALHADO.
ÔOOOOOOOOOO DERROOOOOTA!!!!!

mano black disse...

ei ricardo, um amigo me falou que viu a dulce bruto na sexta-feira querendo trocar um abadá até por vale-transporte nível 4.
é meu amigo, o desespero tá dando lugar à loucura.

walter caio disse...

e a dupla de blogayros que mandou costumizar os abadás do blocão do godão só pra mostrarem os peitorais. ficaram umas gracinhas, o loirinho então, tava a cara do chinguinha do calypso. enquanto o cabeça reluzente fazia as coreografias com tanta perfeição que até parecia as meninas do barrica.

Anônimo disse...

e nero, o advogado das causas impossíveis era a alegria em pessoa no morrafolia, também o coitado naquele momento ainda não sabia que o patrãozinho tava entrando num sonoro cano por conta da fraquissíma venda dos abadás.
aí, como fazem falta aqueles cetecentinhos todo final de mês!!!