terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Pedetistas avaliam o momento do partido no Maranhão durante encontro


Esperança
O encontro de pedetistas que aconteceu nesta segunda-feira (13) em São Luís, foi muito mais que uma confraternização entre os companheiros de partido, serviu para fazer uma avaliação desde o surgimento, conquistas, até o seu momento atual, que passa por sérias crises.
A reunião levou para o mesmo ambiente figuras históricas da política maranhense, que atuam desde a fundação do partido, para lembrar a todos o seu valor histórico, que servirá para evitar possíveis erros no futuro, como se diz no partido: “um povo que não conhece sua história está condenado a repetir seus erros”.
Foram lembrados fatos importantes do trabalhismo no Brasil, como a cassação dos políticos de esquerda, da tomada do PTB do Jango, Darci e Brizola, que mais tarde fundariam o PDT (Partido Trabalhista Brasileiro), que lutou contra as forças opressoras que aprisionavam os trabalhadores brasileiros no capitalismo internacional.
Durante o evento foram feitos discursos calorosos, que levantaram o animo dos pedetistas, como o do ex-ministro, Edson Vidigal:
“Do Maranhão saíram dois fundadores do PDT, Neiva Moreira e Jackson Lago, e, agora, não estão respeitando a história de vida desses homens, não estão respeitando a força dessa militância, desses homens e mulheres, será que não querem um PDT forte e comprometido com suas origens, querem um partido fatiado na mesa de quem manda e desmanda no Maranhão?”
Igor Lago, filho do ex-governador Jackson Lago, encerrou a reunião enfatizando a reorganização do partido que, durante sua gestão estruturou todos os diretórios regionais do partido no estado.
“A reorganização do partido nos trouxe até aqui, e agora, temos que exigir daqueles que tem o poder da caneta, a resposta que o partido do Maranhão merece”.
“Quando a gente tem coragem e disposição de lutar, podemos construir a esperança. Eu tenho esperança que o nosso partido ainda vai ser respeitado pela direção nacional”.
Estiveram presentes ao evento, a viúva do ex-governador, Clay Lago, o irmão Wagner Lago, a deputada Eliziane Gama, o prefeito Deoclides Macedo, o Deputado Carlos Amorim, Azzis Junior, Chico Leitoa, Eurídice Vidigal, Cristina, Eduardo e Maria Lucia Telles, Rubem Brito, Jô Santos, Mario Jackson, Léo Cunha, Aíla, e outros pedetistas.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário | Editar

Nenhum comentário: