quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Manhã na Assembléia

Todos se admiraram quando hoJe pela manhã o deputado Carlos Filho(PV), apareceu na Assembléia Legislativa, para rebater as denuncias feitas pela deputada Graça Paz de que prefeito de Duque Bacelar Flávio Furtado(PPS), estava tomando as casas de 278 famílias carentes, beneficiadas por meio de convênios celebrados entre o Ministério da Integração Nacional, em governos passados, para entregar aos seus apadrinhados políticos.

Com um discursso meteórico, o deputado genro da governadora, não disse coisa com coisa (pelo menos não se deixou compreender), no seu pronunciamento meteórico, quando partiu para cima da deputada pedetista. Assim como apereceu também sumiu, dando a entender que talvez seja por medo de falar em público, que nunca é visto na Assembléia.
Deputado falador

Bem diferente do deputado primeiro emprego, o deputado Edvaldo Holanda tem crescido no conceito popular, dificilmente um depuatado da base governista tenta barra-lo nas sessões da Assembléia. Diariamente Holanda sobe à tribuna para denunciar os abusos praticados pelo governo biõnico de Roseana Sarney.

Quem cala consente


Atropelados e desmoralizados pelo deputado Ricardo Murad, poucos deputados falam em defesa do clã Sarney na Assembléia, talvez pela falta de ter o que falar em nome de um governo sem legitimidade.Contando nos dedos, a base governista tem a maioria, mas desses, apenas o deputado Nagib Haickel é quem aparece constatemente para tentar defender o indefensável.


O fato é que os deputados não aparecem para defender o governo de Roseana Sarney, nem poderiam, pois como falar do que nao existe?

3 comentários:

Mano disse...

Carlos Filhos? Quem é esse deputado? É o cara do Kitiro? O espncador de turista? Não tava falando coisa com coisa? Talvez seja efeito do talco.

Zé Indignado disse...

Carlos Filho? Com essa cara de drogado? Isso aí é deputado? Não conheço ninguém que votou nele. Deve ser algum filhindo de papai baba-ovo da família golpista.Meu Deus, o Maranhão tá perdido mesmo.

Anônimo disse...

Garndenhal

Pior aque esse deputado play boy, só aquele secretário rato branco do John embromation