sábado, 1 de agosto de 2009

Sarney admite a Lula que deixará presidência do Senado, diz revista

Jader Barbalho, Renan Calheiros e José Sarney: mais do que riscar os homens, é preciso cancelar maus usos e péssimos costumes

da Folha Online


Desgastado pela crise no Senado, o senador José Sarney (PMDB-AP) teria dito ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que está disposto a deixar a presidência da Casa. "Não aguento mais. Vou negociar uma saída", disse Sarney ao presidente, segundo informações da revista.

Segundo a revista, a declaração teria ocorrido na última segunda-feira (24), quando Lula ligou para Sarney para saber notícias sobre o estado de saúde de Marly Sarney, 77, que estava internada após uma cirurgia no ombro.


Saiba mais clicando aqui:

Um comentário:

Mano disse...

Não! Vamos fazer o movimento: "Fica Sarney"! Tem muita coisa suja pra vir à tona. Deixa o Coronel lá, enquanto a imprensa vai desmascarando esse patife. Nem o juiz comprado por ele para censurar o Estado de São Paulo vai deter a onda antisarney.