sexta-feira, 31 de julho de 2009

MARANHAO SITIADO DE VOLTA AO REGIME DO CORONÉ

O Site da jornalista Adriana Vandoni, destaca hoje, uma notícia bomba, sobre o senador do Amapá: acabou de chegar à antiga província, uma equipe experte em rastrear ligações telefônicas, emails e todo tipo de informações que abasteçam os jornais e sites de notícias de outros estados.

Destacando aí, o Jornal Folha de São Paulo, que tem feito um brilhante trabalho. Ao que tudo indica, a equipe de nerds veio de Portugal, e receberam treinamento especial da Abin (Agencia Brasileira de Inteligência que existe desde 1927, o antigo SNI).

Talvez por isso, o Telejornal da Globo, o Jornal Nacional dessa quinta feira, nada falou dos escândalos do Presidente do Senado, estranhamente deu lugar a noticias sobre Michael Jackson, lembrando o tempo dos generais, quando éramos impedidos de obter informações, nos tempos áureos da Abin, da censura imposta pelo regime militar.

Naquele tempo, mesmo acontecendo uma verdadeira revolução, mesmo o país “pegando fogo”, os jornais eram obrigados a mostrar "receitas de bolo".. Esse era o país dos coronéis, coitados de nós!!!

Em Brasília, o senador Sarney colocou uma equipe de jornalistas de prontidão (pagos a preço de ouro), para filtrarem as notícias contrarias, e transformá-las em noticias positivas para ele. Mudou o regime, sairam os generais, mas tenho a impressão que realmente até agora, apesar de todo esforça da mídia, nada vai mudar em nosso país!!!

Um comentário:

Mano disse...

É como eu sempre digo, a ditadura pode ter acabado em outros cantos do Brasil, mas no Maranhão ela continua, está fincada aqui há mais de 40 anos. Enquanto o Coronel e sua família não for varrida do mapa, ainda teremos que ser a resistência aos desmando e à opressão.