quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

É MUITA CARA DE PAU!!!

Filho de Sarney diz desconhecer gravações

O empresário Fernando Sarney, investigado pela Polícia Federal na Operação Boi Barrica, disse ontem à Folha, em Londres, que gravações feitas pela Polícia Federal com acusações contra ele e divulgadas nos últimos dias não aparecem no inquérito a que teve acesso."Isso que vazou para a imprensa não aparecia nas fitas do inquérito", disse o filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).
Fernando também reclamou das dificuldades para ter conhecimento do inquérito da PF para se defender.

"Agora tive acesso, mas ele é tão grande que ainda não conseguimos entender tudo", disse ele, o principal executivo das empresas de comunicação da família Sarney no Maranhão.

Mesmo dizendo desconhecer as gravações divulgadas no final de semana, o filho de Sarney afirmou que em nenhum momento tratou de assuntos envolvendo a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) ou discutindo o uso de duas empresas de comunicação da família, a TV Mirante (afiliada da Rede Globo) e o jornal "O Estado do Maranhão", para veicular denúncias contra rivais na política maranhense que integram o grupo do atual governador, Jackson Lago (PDT)."Em nenhum momento falei sobre Abin.

Tudo era uma conversa entre pai e filho. Não houve nada para prejudicar ninguém", afirmou Fernando."Isso foi feito contra o meu pai e acabou me atingindo.

" Ele disse estranhar que as fitas só tenham aparecido às vésperas da eleição para a presidência do Senado". Fernando evitou falar em perseguição política à sua família, mas afirmou que isso não teve resultado, pois seu pai foi eleito.

Vazamento

O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou que a PF não vazou o suposto grampo telefônico de uma conversa entre Sarney e seu filho. "Eu não sei se o presidente Sarney foi grampeado. O que posso dizer é o seguinte: enquanto os processos estão sob a jurisdição e o controle da PF, nem sei se essa gravação existe. De lá não sai e de lá não saiu, se é que essa gravação existe", disse, após audiência com Sarney no Senado.

Fernando está em Londres desde domingo para chefiar a delegação da seleção brasileira que ontem enfrentou a Itália. Antes do jogo, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não divulgou nenhum compromisso oficial envolvendo o empresário, que está hospedado no mesmo hotel dos jogadores.

O Hilton Park Lane tem diárias nos quartos mais simples em torno de R$ 800. (Paulo Cobos)Publicado ou Escrito por Chico Bruno

5 comentários:

janaina flores disse...

ESSE INDIVÍDUO É O CÚMULO DO CINISMO. CHEGA A DAR NOJO!!!

Franco Marques disse...

Antes de viajar não tinha a informação da ABIM que seu dialogo indecente com seu pai seria exposto para todo o mundo.

Anônimo disse...

Rapaz, você só pode ser apaixonado pela familia Sarney, no seu blog são tem matérias relativas à familia do presidente José Sarney. Declare-se apaixonado rapaz!!!

beijundas.

lindolfo monteiro disse...

quanto cinismo, tanto do filho quanto do pai que se acha acima do bem e do mal mas não passa de polítiqueiro ultrapassado que sempre usa de métodos excusos para se manter no poder.

justo alvarenga disse...

essa não cola. se o próprio sarney pergunta ao filhinho lalau se este recebeu informações da ABIN, como é que ele não teve conhecimento dessa gravação. conta outra fefé alibabá!!