quinta-feira, 13 de março de 2008

O RÁDIO VIVE CRISE DE IDENTIDADE!!!!


Como anda pobre a programação de nossas emissoras de rádio, sobretudo as AM, que em outrora nos davam um enorme prazer de ouvi-las. Com profissionais gabaritados e uma programação que primava pela responsabilidade e respeito aos ouvintes, hoje não passam de instrumento para fazer política ou chantagear autoridades em busca de suas satisfações pessoais, claro que existem exceções e profissionais comprometidos com a ética e a moralidade, porém são poucos.

A grande maioria prefere a filosofia do "é dando que se recebe", pior ainda é quando quem está empunhando o microfone pensa que está na cozinha de sua casa e sem nenhuma cerimônia faz uso de palavras de baixo calão ou então faz em pleno ar brincadeiras de péssimo gosto com os colegas agredindo o ouvinte que não tem nenhuma obrigação de compartilhar com essas obcenidades.

É bom que os proprietários dessas emissoras passem a acompanhar mais de perto o que está conhecendo, sob pena de dentro de bem pouco tempo essas emissoras que já andam com o crédito tão abalado, fiquem pregando no deserto. O OUVINTE QUER RESPEITO!!!!

4 comentários:

joão carlos disse...

um processo de declínio e o pior é que ninguém faz nada para melhorar a situação.

josé madeira disse...

é isso aí ricardo, aho que a carapuça serve direitinho nas cabeças do geraldo castro e do andré "galo da madrugada" martins, os dois tem o péssimo hábito de tratar mal os ouvintes que deles discordam, além de puxar no ar brincadeiras de péssimo gosto com os colegas, fazendo insinuações maldosas que agridem quem os escuta.

Anônimo disse...

os programas da rádio mirante então, são os piores, é quase impossível ouvir. o nível é abaixo de zero.

amorim, cohatrac disse...

o tal geraldo castro além de boçal é uma espécie de jô soares do rádio maranhense, só ele sabe tudo e se o ouvinte discorda de sua opinião ele parte logo para a agressão verbal. sem falar que é o maior lambe-botas da família sarney.