quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

PURA CHANTAGEM!!!!! PURA CHANTAGEM!!!

Acredite se quiser, mas um dia após o senador amapaense José Sarneyanunciar ao mundo que sairia de licença do senado por quatro meses,quem fez o mesmo hoje foi sua filha, a também senadora Roseana Murad.

Sarney alega estar cansado de tanto trabalhar e que também pretendeconcluir mais um "best-seller", já Roseana diz que como "líder" dogoverno no congresso nacional tem "trabalhado muito" também e alémdisso precisa se submeter a mais um tratamento de saúde.


Para analistas políticos tanto Sarney quanto sua filha estão apenas fazendo beicinho por que Lula não permitiu que Sarney loteasse novamente o ministério de minas e energia como costumeira mente fazia ao longos dos anos, Sarney conseguiu emplacar o aliado Edison Lobão como ministro da pasta, mas quem continua mandado é a poderosa ministra-chefe da casa civil Dilma Roussef, fazendo com que Lobão seja uma espécie de rainha da inglaterra, ou seja , tem o título mas não tem o poder, impedindo dessa forma que Sarney indique este ou aquele como diretor das muitas estatais ligadas ao cobiçado ministério.

5 comentários:

SEU JOCA disse...

TSE DÁ AVAL PARA QUE EDINHO SAIA DO DEMOCRATAS.

COMO JÁ ERA ESPERADO, O TSE RECONHECEU A JUSTA CAUSA E LIBEROU A SAÍDA DO SUPLENTE DE SENADOR EDINHO LOBÃO DO DEMOCRATAS, QUE AGORA PODE ESCOLHER PARA ONDE VAI. O DESTINO DELE AINDA É INCERTO E VAI DEPENDER DA BOA VONTADE DE PMDB OU PTB, SE É QUE ELE CONSEGUIRÁ QUEBRAR A BARREIRA QUE TEM CONTRA SI DENTRO DESTES PARTIDOS.

TSE reconhece justa causa para desfiliação do senador Edison Lobão Filho do DEM

21 de fevereiro de 2008 - 19h52
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) declarou “justa causa” para o pedido de desfiliação do senador maranhense Edison Lobão Filho do partido pelo qual foi eleito suplente em 2006, o Democratas (DEM). A decisão foi proclamada na sessão administrativa desta quinta-feira (21), “sem discrepância de votos”.

O relator da Petição (Pet 2797), ministro Gerardo Grossi, informou que o senador Edison Lobão Filho alegou estar “sendo vítima de grave discriminação pessoal pelo fato de ser filho de um ministro de Estado do Governo Lula”. O Democratas é um partido de oposição ao Presidente da República. Edison Lobão Filho assumiu o cargo de senador com o afastamento de seu pai, Edison Lobão - de quem é suplente. O senador Edison Lobão deixou o Senado para assumir o cargo de ministro do Ministério de Minas e Energia. Antes de sair do Senado, o atual ministro deixou o DEM para se filiar ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

O ministro-relator destacou que a justa causa de desfiliação é reconhecida pelas duas partes interessadas no pedido. Segundo ele, o Democratas encaminhou ofício ao TSE informando considerar justo o pedido de desligamento e aguardar o pedido de desfiliação “para evitar os enormes constrangimentos de ordem política e pessoal para as partes envolvidas”. O ministro Gerardo Grossi lembrou que dirigentes do DEM reiteraram essa afirmação em diversas entrevistas concedidas à imprensa.

O julgamento teve sustentação oral de advogados do senador e do Democratas. A defesa do partido confirmou o interesse na desfiliação. E a defesa do senador lembrou que a vaga de senador não está sendo questionada, uma vez que o senador Edison Lobão se desligou do Democratas antes da data-limite fixada pelo TSE.

No pedido de justa causa, o suplente que assumiu o cargo efetivo alega “perseguição” por parte de dirigentes do DEM – partido ao qual está filiado há 18 anos -, com base no fato de ser filho de um ministro do atual governo. Alega ainda que tão logo foi anunciada a possibilidade de afastamento do titular do cargo, passou a ser “vítima” de campanha difamatória e diz que “tem absoluta certeza que a tempo e modo todas as acusações serão reconhecidas como improcedentes”.


http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/index.jsp?pageDown=noticiaSearch.do%3Facao%3Dget%26id%3D986394

Anônimo disse...

Sem o papá a Hello Kitty amareloooou.....

Anônimo disse...

Deu na coluna do Ancelmo Góis,
na edição de "O Globo",de 22 de fevereiro de 2008.

"O Pedinte"
"De um ministro, feliz de saber que José Sarney, dono da maior coleção de cargos do governo Lula, pretende se licenciar por quatro meses no Senado:
- Será um alívio, embora temporário. O homem não para de pedir coisas."

Pois é, Brasília agora terá um período de sossego e poderá então avaliar melhor o sofrimento maranhense ao longo de quarenta anos.
Vade Retro!!
TIMBIRA

Ormuz Rivaldo disse...

Io boneco! Preciso te parabenizar pela foto. Bela escolha, afinal Roseana é linda. Já os teus chefes, estes só saem mal na foto. Fazer o quê se vc trabalha pra turma da traição em defesa do sorumbático? Rapaz, essa turma da traição queima até camera digital, invejoso!

Anônimo disse...

Ricardo, com referência às viagens de Sarney no aviâo do dono do CEUMA, aqui em Brasília todo mundo sabe que UNIEURO é do Sarney e no Maranhão o UNICEUMA é também do Sarney, você já viu o Mauro Fecuri andando naquele aviâo?? pois é, tudo são do Sarney, o Mauro é laranja, fora os amigos do Clã, veja só, um cede avião, outro 2 milhões e outro um cartão sem limite para a dondoca da filha, outra coisa, Zequinha tem filhos??....um abraço.