terça-feira, 8 de janeiro de 2008

DECADÊNCIA I

Embora ainda consiga induzir alguns apaixonados e meia dúzia de políticos mal informados de que ainda exerce grande influência no cenário político, o senador José Sarney viveu no no que passou seus piores momentos desde que ingressou na vida pública há mais de quarenta anos.

Do final de 2006 até o final de 2007, o senador amapaense sofreu suas maiores derrotas que começou com a derrota de sua filha Roseana na eleição para o governo do estado, pondo fim a quatro décadas de hegemonia da oligarquia Sarney no Maranhão até a surpreendente derrota do governo Lula que não conseguiu aprovar no senado a prorrogação da CPMF, e que tinha como principais articuladores Sarney e Roseana.

4 comentários:

Anônimo disse...

quem já deve tá preocupado é o lobão, que provlvelmente vai mais uma vez ter seu sonho de ministro interrompido pelas trapalhadas do padrinho. o pior é que o lobão, apesar de tudo que já sofreu continua fiel.

paulo trigo disse...

parabéns novamente ricardo pela lucidez com que consegue trazer a público a verdadeira face do sarney. é isso mesmo, o nome sarney agora não passa de folclore, poder que é bom, já era!!!

FABIO SOUZA disse...

DECADÊNCIA PURA E REAL,PRA ESSE SARNEY,UM HOMEM QUE JÁ FOI TUDO EM MATÉRIA DE POLITICA,DIGA-SE DE PASSAGEM FOI UM DOS PIORES QUANDO ESTEVE NOS CARGOS QUE EXERCEU,AGORA NÃO TEM MAIS AQUELA INFLUÊNCIA QUE UM DIA TEVE,AGORA SÓ SERVE MESMO PRA TÁ DANDO BEIJO NA BOCA DE "TRIBUFU" DO SENADO FEDERAL....TE CUIDA "BIGODON" O TEU FIM TÁ PROXIMO.

giovanny disse...

Ricardo, Sarney é mais teimoso que Romário. Se estivesse lúcido e tivesse um pouco mais de humildade e menos apego ao dinheiro do povo há muito teria se aposentado, pendurado as chuteiras, as botas e os chicotes com que açoitou o povo maranhense durante uma tenebrosa noite que durou quarenta anos. Está velho, caduco, e desmoralizado. Ele não deveria ter nascido no Maranhão. O Maranhão não merece essa coisa!!!