segunda-feira, 5 de novembro de 2007

PONTOS REVELADORES DA ENTREVISTA DE SARNEY

Lobão está mesmo sendo cotado para presidente do Senado

"Ele é um dos nomes que deverá ser colocado para ser examinado".
Fica agora difícil negar que a mudança de partido foi proposital

Sobre o Envolvimento de Silas Rondeau com a Gautama

"Foi vítima de uma das piores injustiças cometidas nesse país". Uma injustiça? Mas ainda não saiu decisão nenhuma. Como já previu que foi injustiça?

Sobre o Retorno de Silas Rondeau ao Ministério

"Lula estaria no DEVER de reparar uma injustiça com Rondeau". Dever? Dever para o Presidente da República? E injustiça com quem? Com ele e as vantagens do Ministério de Minas e Energia?

Reclamam, reclamam sobre a vinda da siderúrgica e o que ele disse:
"Desde 1971 que luto pela siderúrgica no Maranhão"

8 comentários:

Anônimo disse...

Sarney em sua entrtevista de hoje, com a cara mais lambida, disse: A campanha passou e eles ganharam, portanto vamos juntos trabalhar pelo povo e acabar com essas picuinhas (mais ou menos foram estas as palavras de Sarney), Ele quer enganar a quem? porque eestão a todo momento procurando cadaver? Porque estão eterrorizando a população de São Luis? porque então entraram na justiça para tomar no tapetão? Talvez ele esteja sentindo que as coisas não sairam como combinados com os advogados de Goiania, graças ao Trapalhão Chiquinho Escorcio, que4 colaborou muito com o TSE. Se esta instituição não estiver atrelada a políticos, Sarney não conseguirá derrubar Jackson e o próprio corre sério risco de perder o seu mandato pelo o Amapá. O governo hoje ajuda a pagar os salários dos mentirianos e ainda assim os blogueiros metem a lenha.

caio, o hostil disse...

essas entrevistas que sarney costuma conceder à sua própria TV e que não contribui em nada para o esclarecimento público já se tornaram enfadonhas e repetitivas e sempre recheadas de elogios a sí próprio e muita mentira.

o narcisista da lagoa disse...

sarney parou no tempo, embora nem ele e muito menos seus já pouquissímos seguidores ainda não perceberam ou fingem não perceberem.
o sarney a cada dia prova ser um péssimo perdedor e além do mais um tremendo chato chorão.

SEU JOCA disse...

SEGUNDO A COLUNA RADAR ONLINE DA REVISTA VEJA, A CBF ESTARIA PREPARANDO UM POCOTE DE COMPENSAÇÕES AOS ESTADOS QUE FICARÃO DE FORA DA COPA DO MUNDO, CASO DO NOSSO MARANHÃO. A MAIOR DELAS SERIA SEDIAR JOGOS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES A SER REALIZADA NO BRASIL UM ANO ANTES DA COPA DE 2014. O QUE A VEJA ESQUECE É QUE A COPA DAS CONFEDERAÇÕES NÃO TEM NEM UM TERÇO DO APELO POPULAR E TURÍSTICO DE UMA COPA DO MUNDO. SERÁ QUE VALE A PENA O MARANHÃO ENTRAR NESTA BOQUINHA ? COM A PALAVRA O GOVERNADOR JACKSON LAGO E PRINCIPALMENTE UM CERTO VICE PRESIDENTE DA CBF....


Pacote de compensações | 05:41

Para os estados eventualmente insatisfeitos com a parte que lhes cabe no bolo da Copa, a CBF trabalha com uma espécie de "pacote de compensações". Desembrulhado, o pacote apresentará vários itens que podem saciar o apetite dos governadores. Um deles é a Copa das Confederações, que será disputada em 2013 com as seleções campeãs de cada continente. A CBF pode, por exemplo, jogar para o Estádio Mané Garrincha a partida final.

SEU JOCA disse...

O EX GOVERNADOR JOSE REINALDO FAZ DURO ATAQUE AOS SARNEY POR CONTA DA TENTATIVA DELES EM DETURPAR A ENREVISTA DELE AO JORNALISTA CHICO VIANA NA SEMANA PASSADA. SEGUNDO ZE REINALDO A INTENÇÃO DOS SARNEY ERA BOTAR A MINISTRA ELIANA CALMON E O PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA CONTRA ELE. A BAIXO A INTEGRA DO ARTIGO DE ZÉ REINALDO PUBLICADO HOJE NO JORNAL PEQUENO E NA SEQUENCIA O LINK PARA O ARTIGO NA PÁGINA DO MATUTINO.

"O apagão de Sarney

José Reinaldo

O senador Jose Sarney mandou os seus asseclas (deviam todos usar bigodes para completar a semelhança) que escrevem no seu jornal fazerem uma matéria mudando tudo que eu disse na entrevista no programa do Chico Viana devido à grande repercussão da mesma. O objetivo era o de me intrigarem com a ministra do STF Eliana Calmon, pois vai mandar o seu time de “faz-tudo” levar o jornal para ela, numa ação semelhante à de menino fazendo queixa de outro, como é comum na infância. Editaram a entrevista de um jeito que a ministra fique zangada com as inverdades e dificulte mais as coisas para mim no processo da “Operação Navalha”.

Os criadores da “Farsa Reis Pacheco” e de tantas outras mentiras e calúnias que chegam a ser criminosas não sabem fazer mais nada a não ser tentar manipular a informação naquilo que imaginam ser vantajoso para eles. São uns pilantras.

O Sarney deveria, no entanto, explicar-se sobre matérias pesadas, como a denunciada pela revista VEJA desta semana e a da CARTA CAPITAL da semana passada, ambas comentando suas proezas no setor elétrico nacional, a manipulação de bilhões de reais em sombrios negócios no Luz para Todos e em outros setores no universo da energia nacional. José Sarney sempre por trás e nas sombras puxando os cordéis. Ele agora despertou a mídia para seus movimentos no setor. É rara a semana que uma grande revista ou um grande jornalista não fale dele cada vez pior. E agora José, e a sua imagem de estadista, como fica?

O presidente Lula deve ter começado a pôr as suas barbas brancas de molho. Ao entregar a gestão do sistema elétrico nacional ao senador José Sarney, ele não sabia onde estava se metendo. Acontece que junto com Sarney vem toda uma imensa gama de interesses familiares, que depois de anos de treinamento manipulando de todas as maneiras possíveis e imagináveis o complexo energético estadual que sempre esteve nas mãos deles, eles ganharam “experiência” para vôos mais altos.

As denúncias de malversação do dinheiro público pipocam a todo momento, mas o que começa realmente a preocupar o presidente é a grave ameaça de um apagão energético de grandes e desastrosas conseqüências econômicas para o país que principia a explodir em seus costados. Vide o que já está acontecendo com o gás, essencial para enormes setores produtivos que não têm como substituí-lo a curto prazo em seus processos de produção. Como o sistema de energia elétrica brasileiro depende de chuvas em determinadas regiões e no tempo certo, nesses períodos cada vez mais incertos devido às alterações climáticas em curso, vamos ter de apelar para usinas térmicas que agravam a emissão de gás carbono na atmosfera e vão encarecer todo o processo produtivo brasileiro nos fazendo perder competitividade no mundo globalizado. É um quadro muito feio que a Folha de São Paulo de domingo diz claramente que é culpa total do governo que não tomou as medidas no tempo certo no setor elétrico.

Também quem mandou entregar setor chave da economia brasileira para o senador José Sarney e seu grupo? Isso vai custar muito caro aos brasileiros e o Sarney vai começar a sair de fininho, vocês vão ver!

Na semana retrasada, em uma concorrida solenidade, um grande número de pessoas se reuniu no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana para discutir o rio Itapecuru e o Bacanga, promovido pelo competente deputado João Evangelista, presidente da Assembléia Estadual do Maranhão. Nada podia ser mais importante e oportuno por tudo que ali foi mostrado, em entrevistas, palestras e filmes. Está de parabéns o presidente João Evangelista, que vem discutindo esse assunto por bastante tempo e está formatando as providências que terão de ser tomadas para salvar o rio e a vida ao seu redor. No meu governo demos essencial contribuição em um importantíssimo projeto desenvolvido pelo professor José Lemos, secretário de Agricultura do meu governo.

Fizemos um projeto piloto para reflorestar as matas ciliares, mas com o cuidado de dar espaço para os pescadores e agricultores familiares. Como complemento fazia-se o repovoamento do rio com alevinos.

O projeto piloto foi realizado entre Codó e Timbiras. Foram seis hectares em cada margem; portanto, doze hectares de mata ciliar. Com participação ativa dos ribeirinhos o projeto tem o seguinte desenho: a partir da margem até uma extensão de 40 metros o replantio está sendo feito com espécies nativas da própria mata ciliar. A seguir, numa extensão de 20 metros, foram plantadas fruteiras de diferentes portes. Nas entrelinhas das fruteiras estão sendo cultivadas culturas de porte herbáceo e arbustivo. É uma agricultura em degraus, e é justamente para dar sustentabilidade e garantir renda e segurança alimentar para as famílias ribeirinhas no curto prazo.

Esse projeto é uma grande contribuição para ajudar a salvar o rio, pois combate a erosão que joga areia para dentro do leito, além de tornar os ribeirinhos os maiores defensores da integridade do rio, o que não acontece agora. Esse é um projeto barato e viável que precisa continuar. E permitir a participação do setor privado principalmente na doação das árvores como foi o caso do projeto piloto que teve contribuição da Alcoa na doação das mudas.

Parabéns, presidente João Evangelista!"

http://www.jornalpequeno.com.br/2007/11/6/Pagina67195.htm

Anônimo disse...

Ricardo
É impressionante esta confissão de uma personalidade narcisista, elevada à milionésima potência.
Se vivesse no Japão seria recomendável cometer o harakiri, diante de um mea culpa tão cristalino, assumindo a notória incompetência, que habitualmente tem marcado uma trajetória política medíocre, “rica” apenas em jeitinhos, manhas e atitudes sub-reptícias, deslizando solerte pelas frestas do Planalto Central em conchavos de todo tipo. Haja vista o recente affair Escórcio, entre outros mal cheirosos.
Então uma pessoa galga os mais elevados cargos políticos, inclusive o de Chefe da Nação durante cinco loooongos anos, outros tantos como governador, deputado e senador e não consegue a proeza ínfima de carrear para “sua terra sua paixão”, um mísero investimento??
O que fez durante todo este tempo em que se vangloria de poder e influência nas altas esferas políticas??
De sua passagem pela Presidência a notoriedade chegou com uma hiperinflação galopante, jamais vista. Foi a marca registrada deixada para a posteridade por sua habitual “competência”.
Diante da iminente crise energética, que lançaria o país em outro “apagão”, pior do que o de 2001, se tivermos a desdita de contar no Ministério das Minas e Energia com seu áulico comprometido sabe-se lá com quantas maracutaias, como está claramente demonstrado (Veja e Carta Capital), nem é bom pensar.
À época do governo Fernando Henrique a terrível crise foi administrada por um gestor razoavelmente competente - a Aneel - há que convir, o que nos livrou da débâcle total.
Com tantos “gatos” e “vínculos” denunciados nos últimos números das duas revistas, resta-nos rezar muuito, se o destino adverso nos lançar mais esta maldição.
No Maranhão já estamos “habituados” a encarar a caveira de burro patrocinada pelos desmandos deste senhor, mas o Brasil ainda desconhece a sua capacidade de levar a cabo uma política de terra arrasada para huno algum botar defeito, como vimos assistindo durante tantos anos no nosso pobre e desventurado Estado.
Que os céus se compadeçam de nós e Satanás não nos perturbe mais do que já conseguimos suportar.
É hora de clamar alto e em bom som: VADE RETRO!
Magdala

cidadão maranhense disse...

MAGDALA, APÓS TÃO SÁBIAS PALAVRAS, NÃO NOS RESTA MAIS NADA A ACRESCENTAR, A NÃO SER PARA DIZER: PARABÉNS POR PINTAR EM CORES TÃO VIVAS E FIÉIS ESSE CIDADÃO PATÉTICO, ULTRAPASSADO E PERSEGUIDOR CHAMADO JOSÉ SARNEY.

FABIO SOUZA disse...

ESSE JOSÉ SARNEY ALÉM DE SER "CINICO" NÃO TEM VERGONHA NA CARA,DIZER QUE SEMPRE QUIS TRAZER A SIDERUGICA PRO MA,E QUANDO ELE FOI PRESIDENTE DA REPUBLICA POR QUE NÃO FEZ ISSO? JÁ QUE TINHA TODO O PODER POLÍTICO PRA TRAZER A SIDERUGICA PRO MA.
ELE AGORA PARECE UM COITADO,PENSA QUE O POVO DO MA VAI SE SENSIBILIZAR COM ESSA CONVERSA FIADA DELE.
NINGUÉM MAS ACREDITA NELE,ALIÁS ELE E O SEU SISTEMA MENTIRA JÁ PERDERAM A CREDIBILIDADE FAZ TEMPO,PELO MENOS DESDE A ULTIMA ELEIÇÃO PRA GOVERNADOR DO MA.